Pular para o conteúdo
Voltar

Comitiva de Mato Grosso visita Sefaz do Ceará para conhecer sistema de monitoramento por câmeras

Equipe também esteve em São Paulo conhecendo empresas com expertise nesse mercado
Lorrana Carvalho | Sefaz-MT

Assessoria
A | A

Uma comitiva do Governo de Mato Grosso, representada pelas secretarias de Fazenda (Sefaz-MT) e de Segurança Pública (Sesp-MT) e pela Empresa Mato-Grossense de Tecnologia da Informação (MTI), esteve nesta quarta-feira (27.11) na Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz-CE). A visita técnica foi realizada com o objetivo de conhecer o sistema de monitoramento de câmeras na fiscalização do trânsito de mercadorias, realizado pela fisco cearense.

A equipe também esteve em São Paulo, visitando empresas que detém o software de vídeo monitoramento. Os encontros possibilitaram a troca de ideias e experiências sendo fundamental para Mato Grosso que está implantando o Projeto Sem Parar – que possui o mesmo escopo de utilizar câmeras para monitorar o transporte de mercadorias.

“Essas visitas técnicas foram realizadas com o objetivo de verificar in loco o que cada órgão tem de eficiência em seus projetos e também o que teve de problemas, para que os mesmos erros não sejam cometidos por nós. Essa troca de conhecimentos enriquece muito os nossos processos na Sefaz”, afirma o secretário Adjunto de Administração Fazendária, Kleber Geraldino.

O gestor do Núcleo de Gestão Estratégica para Resultados da Sefaz-MT, Nelson Viana, lembra que o Estado está passando por uma transformação digital com o Programa Mais MT. De acordo com ele, isso incentivou a busca em conhecer projetos que já estão implementados em outros locais, como Ceará e São Paulo.

“A ideia central é ver como esses Estados fazem essas capturas de OCR (balanças dinâmicas e câmeras inteligentes), como trabalham isso com as notas, como fazem a fiscalização de trânsito. A ideia principal é como isso foi desenhado e como essas secretarias estão aproveitando as informações”, pontua Nelson.

No estado do Ceará, a comitiva de Mato Grosso conheceu alguns sistemas importantes no monitoramento do trânsito de mercadorias, por meio de câmeras, como o Sistema de Trânsito de Mercadorias (Sitram) e o Sistema de Credenciamento (Sicred). A equipe também visitou a sede de fiscalização itinerante, em Itaitinga, para conhecer o acompanhamento de imagens está sendo realizado.

Já no estado de São Paulo, além de visitar algumas empresas com expertise no mercado de câmeras e softwares de monitoramento, a equipe esteve no Centro de Informações e Inteligência (COI), do município de Indaiatuba, para conhecer o sistema de monitoramento e fiscalização utilizado na área de Segurança Pública. Hoje, a cidade hoje é considerada modelo, devido ao sucesso na implantação de controles utilizando a tecnologia para aumentar os níveis de segurança das cidades.

Além dos representantes da Sefaz, acompanharam as visitas Mato Grosso o gerente técnico do Centro Integrado de Comando e Controle, da Secretaria da Segurança Pública (Sesp-MT), Nunes Ramos da Silva, e o analista de tecnologia e assessor executivo da Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI), Saffyk Vicuna.

Sem Parar

O Sem Parar é um projeto está inserido dentro de um dos eixos do Mais MT - lançado em outubro de 2020 como o maior programa de investimentos públicos, da história de Mato Grosso, com recursos que somam R$ 9,5 bilhões. Com ele, o Governo do Estado vai dinamizar a fiscalização fazendária, de trânsito e do Instituto de Pesos e Medidas de Mato Grosso (IPEM/MT).

O sistema de monitoramento será interligado com os demais órgãos que poderão utilizar os dados em suas ações.

(Com informações da assessoria da Sefaz-CE)