Pular para o conteúdo
Voltar

Sefaz realiza desinfecção dos postos fiscais no interior

Ação começou por Barra do Garças e prosseguirá em mais cinco outros locais
Assessoria | Sefaz MT

Ação começou por Barra do Garças e prosseguirá em mais cinco outros locais$imgCred
Ação começou por Barra do Garças e prosseguirá em mais cinco outros locais
A | A

A Secretaria de Fazenda deu início ao processo de desinfecção de seus postos de fiscalização localizados no interior do Estado e na saída de Cuiabá. O primeiro local a passar por esse procedimento foi Posto Fiscal Avançado de Barra do Garças. A desinfecção ocorreu na tarde desta quarta-feira (20.05). A medida faz parte das ações preventivas do Governo do Estado para tentar evitar a infecção pelo coronavírus dos servidores da Sefaz e motoristas que trabalham ou transitam por esses locais. 



As ações de desinfecção dos postos terão continuidade na próxima semana, sendo que três delas já estão com datas e horários definidos. Na terça-feira (26.05), a partir das 09h, serão desinfectados o Posto Fiscal Henrique Peixoto, localizado em Alto Araguaia, na divisa com Goiás e o Flávio Gomes, que fica em Cuiabá, na saída para o Sul do Estado. Na quarta-feira (27.05), também no período da manhã, o trabalho será executado no Posto Fiscal Benedito Corbelino, localizado próximo ao Rio Correntes, na divisa com Mato Grosso do Sul. 

Ainda na próxima semana, mas em dia e hora a serem definidos, serão desinfectados os Postos Josafá Jacob (XII de Outubro), localizado em Comodoro, divisa com Rondônia e o da Serra do Caximbo, em Guarantã do Norte, na divisa com o Pará.

Antes do processo de desinfecção dos postos, a Sefaz já vinha promovendo ações preventivas para garantir a segurança dos servidores e contribuintes que trabalham ou param diariamente nesses locais. Produtos de higiene e proteção pessoal foram disponibilizados nos postos fiscais, assim como materiais orientativos sobre assepsia das mãos e distanciamento.

Para orientar os motoristas que precisam parar nesses postos, a Sefaz colocou cartazes informando da obrigatoriedade do uso de máscaras, com ilustrações e faixas sobre distância na fila de atendimento, quando houver necessidade. Além disso os lavatórios existentes nos postos foram disponibilizados para higienização das mãos.

Na sede

O complexo onde funciona a administração central da Secretaria de Estado da Fazenda também passou nesta quarta-feira (20.05) por um processo de desinfecção. O complexo é composto por seis prédios, incluindo a Agência Fazendária que encontra-se fechada há dois meses para atendimento presencial.